> Serviços  
  > Cursos e Eventos  
 
 
 
// Cursos e Eventos
 
Neste local você encontrará Cursos, Congressos, Conferências e Eventos relacionados ao Terceiro Setor. Fontes: email promocionais, Rede GIFE, Ciranda, Rede RITS e Revista Filantropia.
 
10 de Fevereiro de 2011

OBJETIVO: Treinar e capacitar os profissionais das áreas contábil e administrativa para adequação do sistema contábil, da escritura contábil conforme as novas práticas, adequações necessárias no Plano de Contas, nas Demonstrações Contábeis (Balancete, Balanço Patrimonial e Demonstrativo Superávit/Déficit do Exercício e Notas Explicativas) e as novas Normas Brasileiras de Contabilidades em vigência e aplicáveis ao Terceiro Setor, bem como o uso das informações contábeis pela fiscalização pública e a prestação de contas. 

Conteúdo Programático:
PRÁTICAS CONTÁBEIS APLICÁVEIS AO 3o. SETOR / COMO FECHAR O BALANÇO, DSDE E NOTAS EXPLICATIVAS DE 2010
1.     ACOMPANHAMENTO E FISCALIZAÇÃO DOS ÓRGÃOS COMPETENTES DAS NOVAS PRÁTICAS CONTÁBEIS; 
2.     NORMAS BRASILEIRAS DE CONTABILIDADE, LEGISLAÇÃO SOCIETÁRIA E PRONUNCIAMENTOS DO CPC APLICÁVEIS AS ENTIDADES DO 3o. SETOR; Depreciação conforme a vida útil e utilização dos bens Redução ao valor recuperável de ativos – impairment test Arrendamento mercantil operacional e financeiro Ajuste ao valor presente de ativos e passivos Valor Mercado e/ou Valor Justo quando aplicável Avaliação de estoques a valor de mercado Ativo intangível: O que deve ser classificado no Ativo e o que pode ser contabilizado no Resultado. Subvenção para investimento X Subvenção para custeio Propriedade p/ Investimento quando contabilizar no sub-grupo Investimentos
 

3.     REESTRUTURAÇÃO PLANO DE CONTAS CONFORME AS NORMAS BRASILEIRAS DE CONTABILIDADE E LEI No. 12.101/09 (CEBAS); 
4.     ESTRUTURA DO BALANÇO PATRIMONIAL E DEMONSTRAÇÃO DO RESULTADO DO EXERCÍCIO CONFORME NORMAS BRASILEIRAS DE CONTABILIDADE E A LEGISLAÇÃO ESPECÍFICA PARA ENTIDADES COM CEBAS (Lei No. 12.101/09, Lei No. 11.095/05, Decreto 6.308/07, Decreto No. 7.237/10, Portaria MS No. 3.355/10 e Resolução CNAS No. 109/09); 
5.     NOTAS EXPLICATIVAS EXIGIDAS PELAS NORMAS CONTÁBEIS, LEGISLAÇÃO SOCIETÁRIA E A LEGISLAÇÃO ESPECÍFICA PARA ENTIDADES COM CEBAS (Lei No. 12.101/09, Lei No. 11.095/05, Decreto 6.308/07, Decreto No. 7.237/10, Portaria MS No. 3.355/10 e Resolução CNAS No. 109/09), BEM COMO PARA A MANUTENÇÃO DA IMUNIDADE/ISENÇÃO TRIBUTÁRIA (Constituição Federal, Código Tributário Nacional e Código Civil); 
6.     NOTAS EXPLICATIVAS: COMO DEMONSTRAR E FORMAR A BASE DA FILANTROPIA DA EDUCAÇÃO PARA FAZER JUS A ISENÇÃO TRIBUTÁRIA (CEBAS-Lei No. 12.101/09); 
7.     NOTAS EXPLICATIVAS: O QUE DEVE SER DEMONSTRADO NAS ÁREAS DA SAÚDE E SOCIAL PARA FAZER JUS A ISENÇÃO TRIBUTÁRIA (CEBAS-LEI No. 12.101/09); 
8.     AS POLÍTICAS PÚBLICAS QUE AS ENTIDADES ESTÃO INSERIDAS (Educação, Social, Saúde, Cultura, Meio Ambiente, Humanização, Idoso, Criança e Adolescente) E SEUS REFLEXOS NAS DEMONSTRAÇÕES CONTÁBEIS; 
9.     CONTABILIDADE E SEU SUPORTE À FISCALIZAÇÃO E DEFESA DAS ENTIDADES DO TERCEIRO SETOR 

Palestrantes: Ivan Pinto e Alexandre Chiaratti ( Sócios Audisa Auditores Associados)

Programação:
Dia  23 de Março de 2011
Cadastramento a partir das 8:15h
Horário: 9:00 às 17:00 (intervalo p/ almoço)
Investimento: R$ 260,00 até 13/03/11 ( após R$ 310,00)
Inclui: Certificado + Material de apoio: (pasta, caneta, blocos) - Não inclui almoço
Material: será disponibilizado no site da Valore Eventos após o curso. Sendo que será fornecido uma senha e login para efetuar o dowlond

* A realização está condicionada a formação de turma com número mínimo de participantes.

Local: FUNPAR-FUNDAÇÃO DA UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ  - Rua João Negrão, 280 - Centro
Cidade: CURITIBA

Contato: Tel: (51) 3026-0012 – Fax: (51) 3223-6674
Email: valore@valoreeventos.com.br
Contato: Simone Masson ou Isamara França
 
Maiores informações acesse: www.valoreeventos.com.br

Faça já sua inscrição pois as vagas são limitadas

 
20 de Setembro de 2010
 

Fórum de Assistência Social debate a certificação de entidades beneficentes de assistência social com representante do MDS

Eventos
Início : Segunda-Feira 20 Setembro 2010, 9:00
Fim : Segunda-Feira 20 Setembro 2010, 17:30

O Centro de Apoio Operacional das Promotorias de Justiça dos Direitos Constitucionais e o Centro de Estudos e Aperfeiçoamento Funcional do Ministério Público convidam para a reunião do Fórum Regional de Assistência Social de Curitiba, Região Metropolitana, Vale do Ribeira e Litoral, que será no dia 20 de setembro, a partir das 9h no Auditório Ary Florêncio Guimarães, no edifício da Procuradoria Geral de Justiça (Av. Marechal Hermes, 751, Centro Cívico, Curitiba-PR). Haverá transmissão ao vivo pela Internet, com acesso pelo site do Ministério Público www.mp.pr.gov.br.

O debate acerca da certificação das entidades beneficentes de Assistência Social – Lei 12.101/09 e sua regulamentação pelo Decreto 7.237/10 contará com a presença da Dra. Edna Allegro, Coordenadora Geral de Certificação das Entidades Beneficentes de Assistência Social do Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome – MDS.

Participarão também do evento Arlete Moraes, da PUC-PR, Jucimeri Silveira, do Conselho Regional de Assistência Social (CRESS-PR), Leandro Nunes Muller, da Fundação de Ação Social (FAS) e Marcos Bittencourt Fowler, do Ministério Público do Paraná.

Inscrições gratuitas no dia do evento. Para aqueles que acompanharem pela internet haverá a possibilidade do envio de perguntas para o e-mail constitucional@mp.pr.gov.br.

Maiores informações pelos telefones: (41) 3250.4043 (com Aline ou Keity) ou 3330.6200 (com Márcia ou Neiva).



Programação

- 8h30 – café da manhã;

- 9h – abertura;

- 10h – palestra com Edna Alegro - Coordenadora Geral de Certificação das Entidades Beneficentes de Assistência Social do Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome – MDS.

- 12h às 14h – intervalo para almoço

- 14h – 17h30 – Mesa de debates:

- Edna Alegro

- Arlete Moraes - PUC/PR

- Jucimeri Silveira – CRESS-PR

- Leandro Nunes Muller - FAS

- Dr. Marcos Bittencourt Fowler – MP/PR

- 17h30 – Encerramento
 
 
 
 
07 de Outubro de 2010
 
Ações integrativas na comunidade para o desenvolvimento, valorização da família e planejamento de futuro

Local: São Paulo
Data:7 de outubro, quinta-feira, das 9h às 18h
Facilitador: Maria Iannarelli
Carga Horária: 8 horas
 
Clique aqui para saber mais
 
 

Políticas Públicas e sociais: processos de avaliação
Elaborando e avaliando políticas públicas na área de educação e seguridade social

18 de agosto, quarta-feira, das 9h às 18h - São Paulo - 32

   
 

 Programa

Objetivos:
Propiciar ao grupo instrumentos para participação em processos de avaliação de políticas públicas:

  • Reconhecer rede de forças e orientar tomadas de decisão;
  • Fortalecer leituras de construção de indicadores;
  • Aplicar métodos e estratégias de avaliação.

Conteúdo Programático:
O conteúdo será trabalhado em três módulos principais. O primeiro tratará da contextualização dos processos de avaliação de Políticas Públicas e perspectiva estratégica em gestão de políticas e programas advindos da iniciativa pública.
O segundo momento tratará de questões substancialmente instrumentais do ponto de vista da avaliação das Políticas Públicas propriamente ditas, passando por contextos decisórios, tomadas de decisão, redes de forças, indicadores e métodos.
O terceiro módulo deste encontro propõe a confecção de oficina como estratégia da consolidação dos elementos abordados anteriormente, enfatizando a avaliação de Políticas Públicas.
Eixos temáticos:

  • Leitura histórica dos processos de avaliação de Políticas Públicas;
  • Conceitos de avaliação em Políticas Públicas;
  • Redes de forças;
  • Métodos avaliativos;
  • Elaboração de Políticas Públicas;
Análise de Políticas Públicas.
   
  Carga horária: 8 horas
   
 

(11) 2281-9643
(11) 7864-1745

dialogo@dialogopublico.com.br
www.dialogopublico.com.br
 

Treinamento prático: inserindo propostas no Portal de Convênios SICONV

Como captar recursos federais por meio do portal Siconv. Curso totalmente prático

24 de agosto de 2010 - terça-feira - das 8h30 as 17h30 - São Paulo - 32
   
 

Programa

O Sistema de Gestão de Convênios e Contratos de Repasse (SICONV) é uma ferramenta utilizada pelo Governo Federal para administrar on-line todos os convênios transferidos voluntariamente pelo Governo Federal. Ele pode ser acessado por qualquer cidadão pela rede mundial de computadores, garantindo transparência e diminuindo o custo operacional para ambos os lados.
As entidades sem fins lucrativos ainda encontram dificuldades na utilização dessa ferramenta, principalmente com relação ao entendimento dos termos utilizados, tornando a proposta de convênio uma tarefa difícil e trabalhosa.
O objetivo deste treinamento é capacitar, na prática, os profissionais e colaboradores de entidades sem fins lucrativos para que utilizem o SICONV como ferramenta de captação de recursos federais.
Com exercícios práticos e on-line, haverá um computador para cada dois participantes, apostila com o passo-a-passo para o credenciamento, cadastramento e inclusão de propostas e CD com todo o conteúdo teórico do curso.
Programação:

  • Apresentação on-line da ferramenta SICONV;
  • Como localizar os programas do Governo Federal (conceitos PPA-LDO-LOA);
  • Proposta de trabalho;
  • Plano de trabalho  X Projeto;
  • Técnicas de monitoramento para prestação de contas;
  • Apresentação dos módulos de licitação e prestação de contas.

No treinamento, no máximo dois treinandos por computador.
Público-alvo:
Profissionais e colaboradores das áreas técnicas de entidades sem fins lucrativos, responsáveis pela captação de recursos, elaboração de projetos, licitação, contratos, monitoramento da execução e prestação de contas.

Carga horária: 8 horas

   
 

(11) 2281-9643
(11) 7864-1745

dialogo@dialogosocial.com.br
www.dialogopublico.com.br
 

Ciclo de Desenvolvimento: Voluntários Transformadores

 
 

O Ciclo tem objetivo de desenvolver competências nas pessoas que atuam como voluntários ou querem iniciar uma ação transformadora no social. Por meio de momentos de aprendizagem em grupo, discussões e vivências, o ciclo é dividido em cinco módulos, de três horas cada. Confira a programação e as datas da próxima turma. 

Quem pode participar?
Voluntários atuantes, pessoas que querem iniciar a prática do voluntariado e profissionais que atuam no social.

Como?
Divididos em cinco módulos, de três horas cada, os interessados devem se inscrever informando nome, telefone, e-mail,  pelo e-mail acao@acaovoluntaria.org.br  ou pelo telefone (41) 3322-8076. 

Próximo Ciclo
Datas: 09 à 13 de agosto. 
Horário: Das 19h às 21h30.
Local: Estação Business School - Sala Estação 1 - Av. Sete de Setembro, 2775 5º andar
Investimento: Valor sugerido60 reais (trabalhamos com o conceito de “valor sugerido”, pois acreditamos que não será o recurso financeiro que impossibilitará que alguém participe do Ciclo, ou seja, caso a pessoa não tenha possibilidade de pagar este valor ela poderá fazer o Ciclo da mesma forma, contribuindo com o que puder)

Programa
Módulo I - Empreendendo Ações Voluntárias 
- Empreendedorismo social
- Cidadania
- O despertar do voluntariado

Empreendedor é o indivíduo que imagina, desenvolve e realiza ações. Ele está sempre buscando novas idéias e criando alternativas, trabalha em sua meta estabelecida e, com muita perseverança, consegue realizar seu grande sonho. Neste módulo, trabalharemos com conquistas individuais de cada um e de que maneira podemos sonhar e colocar em prática ações voluntárias transformadoras que façam sentido para todos os envolvidos. 

Módulo II - Ligando-me a uma causa ou Instituição Social
- Pontes de ligação e identificação: eu e a instituições

Existem diversas maneiras de ação social, e cada um de nós atua nesta área por uma determinada razão. Na relação profissional e voluntária cada indivíduo estabelece pontes de ligação com a organização onde participa. Neste módulo trabalharemos estas pontes e como elas podem servir para o desenvolvimento do ser humano. As instituições só se desenvolvem se as pessoas que a compõem se desenvolvem. Podemos fazer isso por meio do voluntariado?

Módulo III - Melhorando os resultados de minhas ações
- Tendências da humanidade
- Relacionamento: Voluntário e Comunidade

Olhando para o desenvolvimento da humanidade através dos tempos, vê-se um processo de despertar da autoconsciência do ser humano. Hoje, a individuação e a cooperação são posturas que tomamos em nossas vidas. Nesta oficina serão trabalhados os conceitos da história da liderança e voluntariado, a integração e equilíbrio entre o processo da individuação e cooperação e uma vivência prática de relacionamento entre voluntários e beneficiados.

Módulo IV - Comunicar e aprender, como fazer? 
- Canais de comunicação
- Como eu me comunico? 

Comunicar é estar em sintonia com o outro (uma pessoa, um grupo) de modo que a comunicação flua e possa atingir sua finalidade. Para comunicar é necessário perceber o outro, escutar, respeitar a fala do outro e expressar suas mensagens de maneira assertiva. Neste módulo serão trabalhados os sistemas de comunicação das pessoas, a utilização destes canais para uma boa comunicação.

Módulo V - Pessoas diferentes, objetivos em comum 
- Conflitos
- Administração de conflitos

Todos os conflitos têm na sua origem, as diferenças. No entanto, nem todas as diferenças significam conflitos. Ter diferenças é natural, elas são necessárias para a vida, a questão são as maneiras de encará-las e vivenciá-las. Um conflito social acontece quando pelo menos uma pessoa, partido ou grupo experimenta a diferença entre ele e o outro como um estorvo para viver ou realizar as próprias idéias, sentimentos e propósitos. Nesta oficina serão abordadas as etapas de intensificação do conflito e quais são os caminhos para solucioná-los.

 
 

(11) 2281-9643
(11) 7864-1745
dialogo@dialogosocial.com.br
www.dialogosocial.com.br

 

Monitoramento de Indicadores e Avaliação de Impacto de Projetos Sociais

Avaliação da eficiência do investimento, administração e resultados de projetos sociais

27 de agosto de 2010 - sexta-feira - das 9h as 18h - São Paulo - 32
 
 

O curso Monitoramento de Indicadores e Avaliação de Impacto de Projetos Sociais tem como objetivo capacitar profissionais do Terceiro Setor e de empresas cujas ações de responsabilidade social precisem ser avaliadas analisando e monitorando o impacto dos seus projetos e ações sociais na comunidade onde atuam.

Com indicadores, números e estatísticas em mãos, é possível avaliar de maneira efetiva a eficiência do investimento realizado em desenvolvimento social, bem como a eficácia de gestores e administradores sociais.

O conteúdo abordado no curso é importante para os dias atuais, tendo em vista que diversas ações sociais costumam se confundir. E, para marcar presença e alavancar novos investimentos, é necessário que se saiba o que já foi feito, onde estamos e onde desejamos chegar.

Conteúdo programático:

  • Conceituação e histórico de indicadores no Brasil;
  • Indicadores (marco zero, progresso, resultado e impacto);
  • Acompanhamento e gerenciamento dos indicadores;
  • Objetivos, metas quantitativas e qualitativas e meios de verificação;
  • Referenciais teóricos adotados, sua aplicação e meios de apresentação das informações;
  • Construção da metodologia de coleta;
  • Apresentação das informações;
  • Exercício de criação de indicadores.


Observação: Os participantes devem levar calculadora.

Inscreva-se aqui

 
Elaboração de Projetos e a Captação de Recursos - Curso Intensivo Itinerante
 
Próxima turma - 19 de Julho (2ª feira) no Rio de Janeiro (RJ)
   
 

Carga horária: 6 horas – Das 13h às 19h
Essa é a temática do treinamento “Como Elaborar Projetos”, um curso itinerante intensivo (veja datas e cidades abaixo). Reserve já o seu lugar e desenvolva todo o potencial da comunicação na captação de recursos.
Ricardo Falcão irá apresentar uma forma mais pragmática, simples e objetiva de conceber e viabilizar a elaboração, o gerenciamento e a captação de recursos de projetos, favorecendo aos participantes a visualização das diversas fases de um projeto, desde a concepção da idéia até a avaliação final.

Horário do treinamento: das 13h às 18h

• Apresentação, análise e debate de cada tópico necessário à elaboração de projetos para captação de recursos
• Metodologia para facilitar e resultar eficiência na elaboração e gerenciamento do projeto
• Quem são e como chegar aos agentes financeiros
• Agentes financeiros governamentais e privados do Brasil
• Agentes financeiros governamentais e privados internacionais
• Relação de financiadores, onde encontrá-los e como avaliar seus interesses
• Conquista de parceiros para a captação de recursos sob o ponto de vista da instituição e do financiador
• Indicadores de avaliação, acompanhamento e gerenciamento;
• Fatores de risco e elaboração de cronograma
• Orçamento, fluxo de caixa e usos de fontes
• Comportamento das organizações na elaboração de projetos
• Gestores, presidentes, diretores, gerentes, supervisores e voluntários de organizações sem fins lucrativos;
• Profissionais das áreas administrativa, comunicação, marketing, projetos e/ou captação de recursos de ONGs;
• Profissionais liberais que atuam no Terceiro Setor, educadores ou interessados no tema.
• Estudantes de Comunicação, Jornalismo, Marketing e Serviço Social
• Funcionários de órgãos públicos ligados à área de saneamento, assistência social, educação e saúde.

ATENÇÃO:

Calendário único de 2010. O treinamento não se repetirá este ano em 2010 em sua cidade.

Veja a programação:

• 19/Julho (2ª feira) - Rio de Janeiro (RJ)

• 02/Agosto (2ª feira) - São Pauo (SP)

• 27/Agosto (6ª feira) - Belo Horizonte (MG)

• 27/Setembro (2ª feira) - Porto Alegre (RS)

• 14/Outubro (5ª feira) - Recife (PE)

• 08/Novembro (2ª feira) - Curitiba (PR)

• 29/Novembro (2ª feira) - Belém (PA)

   
 
Estágio voluntário
 
 

Ficha de solicitação para estágio voluntário dos alunos do curso técnico em Enfermagem.

O estágio será realizado aos sábados à tarde, acompanhados por professor da escola, e compreende palestras às gestantes.

Ficha [ Clique Aqui ]

Contato:
Marlene Bozza [ marlene@institutoeficaz.com.br ]
Coordenadora de Estágios em Enfermagem.

 

Eventos

 
  Seminário Estadual - Objetivos do Milênio  
     
   
       
  A Secretaria-Geral da Presidência da República, o Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento, o Movimento Nacional pela Cidadania e Solidariedade e o , o Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada, estão divulgando o Relatório Nacional de Acompanhamento dos Objetivos de Desenvolvimento do Milênio. (Saiba Mais)  
     
   
  Famílias acolhedoras   
     
  Apenas 10% das crianças que vivem em abrigos estão disponíveis para adoção. Programas alternativos de proteção ganham força no país.
(Saiba Mais)
 
     
   
  CATANDUVAS/PR - 07/05/2010  
 

5ª Feira Municipal de Artesanato e Produtos Coloniais - Município de Catanduvas/PR

 
     
     
  SÃO PAULO -11/05/2010  
 

Sistema de Gestão de Convênios e Contratos de Repasse (Siconv) – repasses do Governo Federal

 
     
 
     
  SÃO PAULO - 25/03/2010  
 

Nova Lei da Filantropia - Lei Federal nº 12.101/09

 
     
 
     
  SÃO PAULO - 24/03/2010  
 

Captação de Recursos para a administração pública

 
     
 
     
  SÃO PAULO - 19/03/2010  
 

Estratégias em marketing digital para projetos sociais

 
     
 
     
  SÃO PAULO - 05/03/2010  
 

Captação de Recursos por meio de incentivos fiscais

 
     
 
     
  Imersão em Projetos Sociais - Diálogo Social  
     
 
     
  Instituto HSBC Solidariedade abre inscrição para apoio a projetos.  
     
 
> Saiba Mais

O Instituto HSBC Solidariedade, inteligência social do Grupo HSBC no Brasil, está com inscrições abertas, até 17 de fevereiro, para seleção Future First.

Trata-se de um programa global do grupo, com duração de 5 anos (2007 a 2012), e investimento total de U$ 10 milhões, que visa atender 1 milhão de crianças nesse perfil em 85 países. Assim, o Instituto, que coordena o processo para a América Latina e responsável pela validação das inscrições dessa região, abre edital no Brasil para projetos que ofereçam abrigo e educação formal ou informal a crianças em situação de rua ou moradoras em instituições de abrigamento (casas lares, repúblicas ou albergues).

Para garantir a alta qualidade dos projetos selecionados, o processo - de rigorosa avaliação - é feita de forma individual e única em todo mundo. Para isso, a primeira etapa acontece na Índia e é finalizada no Reino Unido, matriz do banco.

Por tais motivos, o formulário de inscrição deve ser escrito em inglês, impreterivelmente.

O orçamento por projeto é de até U$25 mil/ano. O apoio pode acontecer de 01 a 03 anos, dependendo do que a organização solicitar e o Comitê considerar adequado. No entanto, a liberação da 2º e 3ª parcelas anuais está vinculada aos resultados do ano anterior. Serão aceitos projetos sob responsabilidade de organismos não governamentais e comunitários, legalmente constituídos no país, sem fins lucrativos, que atuem no Terceiro Setor.

Organismos governamentais podem apresentar projetos por meio de suas fundações e associações.

O regulamento completo e o formulário de inscrição estão disponíveis no site "Por um mundo mais feliz" e os projetos devem ser enviados para o e-mail: hsbc.solidariedade@hsbc.com.br, assunto "Projeto Seleção Future First 2009", impreterivelmente até às 17h do dia 17/02/09 (horário de Brasília). O resultado da seleção será divulgado no dia 30 de março de 2009, no site Por um mundo mais feliz, do Instituto HSBC Solidariedade.

 
     
 
     
  Rocha Loures apresenta evolução dos Objetivos do Milênio no Paraná  
     
 
> Saiba Mais

Na solenidade do Prêmio ODM Brasil, quarta-feira, em Brasília, presidente do Sistema Fiep apresentará um diagnóstico realizado pelo Observatório de Indicadores de Sustentabilidade (Orbis).

O presidente do Sistema Federação das Indústrias do Estado do Paraná (Fiep), Rodrigo da Rocha Loures, participa quarta-feira (29), em Brasília, da 2ª edição do Prêmio ODM Brasil. Rocha Loures apresentará o Movimento Nós Podemos Paraná e também um diagnóstico da evolução dos Objetivos de Desenvolvimento do Milênio (ODM) no Estado, realizado pelo Observatório de Indicadores de Sustentabilidade (Orbis).

Os ODMs são uma série de metas socioeconômicas que contemplam a redução da pobreza, melhoria do ensino, da saúde e cuidado com o meio ambiente. O Movimento Nós Podemos Paraná surgiu em 2006, com a articulação da Fiep, com o objetivo de contribuir para que o Paraná alcance os ODM até 2010, cinco anos antes do prazo estipulado pela ONU.

O levantamento realizado pelo Orbis, de acompanhamento e análise dos indicadores, é um dos diferenciais da iniciativa paranaense e que chamou a atenção de chefes de Estado presentes na Assembléia Geral das Nações Unidas, em setembro, em Nova York.

O Movimento Nós Podemos Paraná foi a única experiência da América Latina a ser apresentada no encontro. “Percebemos que ao reunir o conhecimento da comunidade, com informações estruturadas sobre o desenvolvimento e a qualidade de vida locais, organiza-se uma força poderosa de transformação social, com o apoio do trabalho voluntário, capaz de contribuir para um mundo mais justo”, afirma Rocha Loures.

Ele ressalta que a expectativa é que esse modelo possa se disseminar e inspirar outras iniciativas em todas as partes do mundo. Por conta do trabalho com os Objetivos de Desenvolvimento do Milênio, o presidente do Sistema Fiep foi convidado a participar também do “World Family Summit +4”, que acontecerá de 1º a 4 de dezembro, no Cairo, no Egito.

O encontro apresentará práticas que contribuem para o desenvolvimento social e melhoria da saúde das gestantes e diminuição da mortalidade infantil. Dois projetos paranaenses no Prêmio ODM Brasil O programa Mãe Curitibana, da prefeitura de Curitiba, e o programa de recomposição da Mata Ciliar, da Copacol, estão entre os 20 que serão premiados na próxima quarta-feira (29) durante a 2ª edição do Prêmio ODM Brasil.

O presidente do Sistema Fiep, Rodrigo da Rocha Loures, participa da solenidade de premiação, que acontece às 15h30, no Palácio do Planalto, em Brasília. Na ocasião, também será lançada a 3ª edição do Prêmio. O Prêmio ODM Brasil tem a finalidade de incentivar ações, programas e projetos que contribuem efetivamente para o cumprimento dos ODM.

Na primeira edição, em 2005, também foram premiados dois projetos paranaenses: o Menarca, do Colégio Sepam, de Ponta Grossa, e a Escola da Gestante, da prefeitura Municipal de Apucarana. Confira a lista de premiados no site www.odmbrasil.org.br.

 
     
 
     
  Aldeia do Futuro: Cursos gratuitos para mulheres de baixa renda, em SP  
     
 
> Saiba Mais

A Aldeia do Futuro, em São Paulo (SP), oferece cursos de artesanato, bordado, pintura em tecido, costura básica, tear e modelagem em disco de papel para mulheres de baixa renda da zona sul da cidade. Todos os cursos são gratuitos e realizados nos períodos da manhã e da tarde, na sede da entidade, que fica na Rua Jorge Rubens Neiva de Camargi, 228, em Americanópolis. Mais informações com Susana, pelo telefone (11) 5562-6860.

 
     
 
     
  Grupo de mulheres em situação de violência.
O Instituto Noos realiza trabalho de grupo para as mulheres que viveram ou vivem em situação de violência na família.
 
     
 
> Saiba Mais

O objetivo é proporcionar um espaço de conversa e reflexão sobre seu dia-a-dia. A proposta é possibilitar às participantes o desenvolvimento de formas mais justas e cooperativas de convivência, através do fortalecimento e apoio recíprocos. Os temas dos encontros são escolhidos pelo próprio grupo e os encontros é coordenado por profissionais das áreas social e de saúde. O Instituto Noos fica na rua Álvares Borgerth, 27, Botafogo, Rio de Janeiro. A atividade é gratuita, mas só há vagas para 15 mulheres. As reuniões são às terças-feiras, das 14h às 16h. Detalhes com Juliana, das 8h às 12h e das 13h às 17h30min, pelos telefones (21) 2579-2357 ou (21) 2579-2511.

 
     
 
     
  Instituição promove intercâmbio entre profissionais de comunicação ingleses e ONGs brasileiras  
     
 
> Saiba Mais

A The International Exchange, organização que atua em Recife (PE), está selecionando organizações que desejam receber um/a profissional de comunicação inglês/inglesa para auxiliar no desenvolvimento de projetos de comunicação. Para participar do programa de intercâmbio, a entidade precisa ter um trabalho reconhecido, sede própria e a disponibilidade de uma pessoa de referência para se comunicar com o/a visitante em inglês. Não há custos financeiros para a instituição, que precisa firmar compromisso de colaborar com o/a visitante no desenvolvimento do projeto, realizado em parceria com uma agência de publicidade indicada.A fase piloto do projeto aconteceu no ano passado. Chris Jackson, da Leo Burnett, elaborou, junto com a Mart Pet, uma campanha de mobilização de recursos para a ONG Gestos, que trabalha com a causa do HIV/Aids. Penny Brough, profissional de atendimento da Wieden + Kennedy desenvolveu, junto com a Arcos Comunicação, um planejamento para tornar os projetos da Plan International, em Cabo de Santo Agostinho (PE), mais conhecidos na Inglaterra. Atualmente, várias agências britânicas estão interessadas em participar da iniciativa. No próximo ano, está prevista a vinda de seis profissionais ingleses ao Brasil para desenvolver projetos. Em 2010, esse número deve subir para 15. “Agora vamos reforçar o trabalho e elencar novas parecerias locais, entre ONGs e agências, para que esta demanda tenda sempre a aumentar”, afirma Ivan Moraes Filho, diretor nacional da TIE no Brasil. Mais informações sobre a TIE estão no site www.theinternationalexchange.co.uk ou podem ser obtidas com Philippa White, pelo endereço philippa@theinternationalexchange.co.uk e com Ivan Moraes Filho, ivan@theinternationalexchange.co.uk ou ivanmoraesfilho@yahoo.com.br.

 
     
 
     
  Projeto abre cursos destinados a pessoas com deficiência, Salvador - BA, sem data definida  
     
 
> Saiba Mais

Solicite informações pelos telefones (71) 3203-6186 e (71) 3247-1429. O projeto Incluir, realizado em Salvador (BA), está com inscrições abertas para diversos cursos destinados a pessoas com deficiência, entre os quais: pintura em tecido, artesanato em caixas de madeira, biscuit e bijuteria.

 
     
 
     
  Formação artística para a paz, Rio de Janeiro - RJ, sem data definida  
     
 
> Saiba Mais

Solicite informações pelo telefone (21) 2544-4516 e 2517-3278 ou pelos e-mails rosangela.rj@cieds.org.br e bento.rj@cieds.org.br O Centro Integrado de Estudos e Programas de Desenvolvimento Sustentável [CIEDS], no Rio de Janeiro, está selecionando jovens de 15 a 24 anos para participar do projeto Pax Urbana, desenvolvido com recursos da União Européia. Durante um ano, trinta jovens receberão formação em artes e produção cultural e, no decorrer do curso, farão apresentações teatrais itinerantes em vários pontos da cidade do Rio de Janeiro, promovendo intervenções urbanas pela paz e fomentando debates. Os encontros serão realizados centro da cidade, três vezes por semana, com duração de quatro horas cada. A entidade vai disponibilizar lanche e transporte.

 
     
 
     
  Delnet abre inscrições para cursos sobre desenvolvimento local, até 23 de março de 2009  
     
 
> Saiba Mais

Solicite informações pelo e-mail delnetportugues@itcilo.org no site www.itcilo.org/delnet. O Delnet - Programa do Centro Internacional de Formação da Organização Internacional do Trabalho das Nações Unidas - está com inscrições abertas, , para cursos à distância de Gestão do Desenvolvimento Local e de Desenvolvimento Local com Perspectiva de Gênero. Os treinamentos incluem acesso aos serviços de informação e assessoria técnica, às plataformas eletrônicas do Delnet e de trabalho em rede. A idéia é apoiar e fortalecer atores locais na promoção do desenvolvimento territorial, capacitando técnicos, gestores e responsáveis de instituições públicas e privadas relacionados com processos de desenvolvimento local e descentralização, através da utilização das tecnologia das tecnologias de informação e comunicação. A aprovação nos cursos leva à obtenção de um diploma oficial emitido pelo Centro Internacional de Formação da Organização Internacional do Trabalho. Está disponível um número limitado de bolsas parciais para facilitar a participação de instituições com limitados recursos econômicos. Mais informações podem ser obtidas pelo e-mail delnetportugues@itcilo.org. Para se inscrever é preciso fazer download dos folhetos informativos e do formulário de inscrição disponíveis em www.itcilo.org/delnet.

 
     
 
 
 
   
 
 
copyright © unapmif | webdesign hiroshi homma ®