+55 41 3254-5678

R. Domingos Nascimento, 280,
Bom Retiro, Curitiba - PR

OBJETIVOS GLOBAIS #2

Até 2020

  • Manter a diversidade genética de sementes, plantas cultivadas e animais cultivados e domesticados e suas espécies silvestres relacionadas, inclusive através de bancos de sementes e plantas bem administrados e diversificados nos níveis nacional, regional e internacional, e promover o acesso a e justo e equitativo partilha de benefícios decorrentes da utilização de recursos genéticos e conhecimentos tradicionais associados, tal como acordado internacionalmente.
  • Aumentar o investimento, inclusive por meio de cooperação internacional aprimorada, em infra-estrutura rural, pesquisa agrícola e serviços de extensão, desenvolvimento de tecnologia e bancos genéticos de plantas e gado para aumentar a capacidade produtiva agrícola nos países em desenvolvimento, em especial os países menos desenvolvidos.
  • Corrigir e prevenir restrições comerciais e distorções nos mercados agrícolas mundiais, inclusive através da eliminação paralela de todas as formas de subsídios à exportação agrícola e todas as medidas de exportação com efeito equivalente, de acordo com o mandato da Rodada de Desenvolvimento de Doha.
  • Adotar medidas para garantir o funcionamento adequado dos mercados de produtos alimentícios e seus derivados e facilitar o acesso oportuno a informações de mercado, inclusive sobre reservas de alimentos, a fim de ajudar a limitar a volatilidade extrema dos preços dos alimentos.

Até 2030

  • Acabar com a fome e assegurar o acesso de todas as pessoas, em particular os pobres e as pessoas em situação vulnerável, incluindo bebés, com alimentos seguros, nutritivos e suficientes durante todo o ano.
  • Acabar com todas as formas de desnutrição, incluindo atingir, até 2025, as metas acordadas internacionalmente sobre o déficit de crescimento e o desperdício em crianças menores de 5 anos e atender às necessidades nutricionais das adolescentes, mulheres grávidas e lactantes e idosos.
  • Duplicar a produtividade agrícola e os rendimentos dos pequenos produtores de alimentos, em particular mulheres, povos indígenas, agricultores familiares, e pescadores, inclusive através do acesso seguro e igual à terra, outros recursos produtivos e insumos, conhecimento, serviços financeiros, mercados e oportunidades de agregação de valor e emprego não-agrícola.
  • Garantir sistemas sustentáveis de produção de alimentos e implementar práticas agrícolas resilientes que aumentem a produtividade e a produção, ajudem a manter os ecossistemas, fortaleçam a capacidade de adaptação às mudanças climáticas, clima extremo, seca, inundações e outros desastres e melhorem progressivamente a qualidade da terra e do solo.

FILIADAS

ANTONINA - PR
APUCARANA - PR
ASSIS CHATEAUBRIAND - PR
BRASILÂNDIA DO SUL - PR
CONGONHINHAS - PR
DOUTOR CAMARGO - PR
FIGUEIRA - PR
GUARANIAÇU - PR
GUARULHOS - SP
ICARAÍMA - PR
JOÃO PESSOA - PB
LARANJAL - PR
LIDIANÓPOLIS - PR
MANDAGUAÇU - PR
MARIA HELENA - PR
MATELÂNDIA - PR
MATINHOS - PR
NOVA AURORA - PR
NOVA SANTA ROSA - PR
PARANAGUÁ - PR
PÉROLA DO OESTE - PR
PINHAIS - PR
PIRAQUARA - PR
QUEDAS DO IGUAÇU - PR
RENASCENÇA - PR
RIBEIRÃO CLARO - PR
RONDON - PR
SANTA HELENA - PR
SANTA TEREZA DO OESTE - PR
SÃO PAULO - SP
SÃO PEDRO DO IVAÍ - PR