+55 41 3254-5678

R. Domingos Nascimento, 280,
Bom Retiro, Curitiba - PR

OBJETIVOS GLOBAIS #12

Até 2020

  • Alcançar o manejo ambientalmente saudável de produtos químicos e todos os resíduos ao longo de seu ciclo de vida, de acordo com as estruturas internacionais acordadas, e reduzir significativamente sua liberação para o ar, água e solo, a fim de minimizar seus impactos adversos na saúde humana e no meio ambiente.

Até 2030

  • Implementar a estrutura de 10 anos de programas sobre consumo e produção sustentáveis, todos os países tomando medidas, levando os países desenvolvidos na liderança, levando em conta o desenvolvimento e as capacidades dos países em desenvolvimento.
  • Alcançar a gestão sustentável e uso eficiente dos recursos naturais.
  • Reduzir pela metade o desperdício global de alimentos per capita nos níveis de varejo e consumidor e reduzir as perdas de alimentos ao longo das cadeias produtivas e de fornecimento, incluindo perdas pós-colheita.
  • Reduzir substancialmente a geração de resíduos através da prevenção, redução, reciclagem e reutilização.
  • Incentivar as empresas, especialmente as grandes e transnacionais, a adotar práticas sustentáveis e integrar informações sobre sustentabilidade em seu ciclo de relatórios.
  • Promover práticas de compras públicas que sejam sustentáveis, de acordo com as políticas e prioridades nacionais.
  • Garantir que as pessoas em todos os lugares tenham informações e conscientização relevantes para o desenvolvimento sustentável e estilos de vida em harmonia com a natureza.
  • Apoiar os países em desenvolvimento no fortalecimento de sua capacidade científica e tecnológica para avançar em direção a padrões mais sustentáveis de consumo e produção.
  • Desenvolver e implementar ferramentas para monitorar os impactos do desenvolvimento sustentável para o turismo sustentável, que crie empregos e promova a cultura e os produtos locais.
  • Racionalizar subsídios ineficientes a combustíveis fósseis que estimulem o consumo desperdiçador, eliminando distorções de mercado, de acordo com as circunstâncias nacionais, inclusive reestruturando a taxação e eliminando os subsídios prejudiciais, onde existirem, para refletir seus impactos ambientais, levando em conta as necessidades específicas e condições dos países em desenvolvimento e minimizar os possíveis impactos adversos em seu desenvolvimento de uma maneira que proteja os pobres e as comunidades afetadas.

FILIADAS

ANTONINA - PR
APUCARANA - PR
ASSIS CHATEAUBRIAND - PR
BRASILÂNDIA DO SUL - PR
CONGONHINHAS - PR
DOUTOR CAMARGO - PR
FIGUEIRA - PR
GUARANIAÇU - PR
GUARULHOS - SP
ICARAÍMA - PR
JOÃO PESSOA - PB
LARANJAL - PR
LIDIANÓPOLIS - PR
MANDAGUAÇU - PR
MARIA HELENA - PR
MATELÂNDIA - PR
MATINHOS - PR
NOVA AURORA - PR
NOVA SANTA ROSA - PR
PARANAGUÁ - PR
PÉROLA DO OESTE - PR
PINHAIS - PR
PIRAQUARA - PR
QUEDAS DO IGUAÇU - PR
RENASCENÇA - PR
RIBEIRÃO CLARO - PR
RONDON - PR
SANTA HELENA - PR
SANTA TEREZA DO OESTE - PR
SÃO PAULO - SP
SÃO PEDRO DO IVAÍ - PR